Inscrições abertas para o 13º Congresso Internacional da Rede Unida

08/09/2017 11:11 a.m.
News image

As inscrições e submissões de trabalhos para o 13º Congresso Internacional da Rede Unida iniciaram nesta quarta-feira, 9 de agosto de 2017. Podem participar do Congresso alunos de graduação, pós-graduação, professores, pesquisadores, trabalhadores da saúde, usuários do SUS, gestores e representantes de movimentos sociais. A submissão de trabalhos pode ser feita tanto na área da pesquisa, como também com relatos de experiências vivenciadas nas áreas da Saúde, Educação, Cultura e áreas afins.

Inscreva-se!

Realizada pela primeira vez na Região Norte e em Manaus, a 13ª edição do Congresso acontecerá na Universidade Federal do Amazonas (UFAM), de 30 de maio a 2 de junho de 2018, com o temário central “Faz escuro, mas cantamos: redes em re-existência nos encontros das águas”, tema inspirado na poesia de Tiago de Melo e a atual conjuntura política, econômica e social brasileira.

De acordo com o presidente do Congresso, Rodrigo Tobias, a estimativa é receber cerca de cinco mil participantes do Brasil e de outros países, principalmente da América Latina, Caribe e da Europa, que contribuirão com proposições que impactem nos processos de mudança na formação e desenvolvimento de profissionais de todas as carreiras da área de saúde, educação, cultura e áreas relacionadas. “A expectativa é que os participantes vejam a Região Amazônica de outra forma porque a nossa Região não é somente um lugar das distâncias, das dificuldades, da falta de acesso, das carências e das doenças, mas também um lugar de potencialidades, de produção de saúde para todos”, ressaltou.

A programação do Congresso conta com a apresentação e o debate de aproximadamente dois mil trabalhos científicos e relatos de experiências, espaços alternativos para o encontro de grupos de formadores, educadores e ativadores de mudança, rodas de conversas, seminários e fóruns nacionais e internacionais, oficinas, atividades científicas, távolas, conferências, feira de exposição e tendas.


Para o Coordenador Nacional da Rede Unida, Júlio Schweickardt, a organização do Congresso é um dos desafios da atual coordenação, que tem dentre os seus objetivos mobilizar os vários setores e atores que atuam no contexto da saúde e da educação, incluindo usuários de serviços de saúde, membros de Conselhos de Saúde e trabalhadores do SUS, oportunizando um fórum especial de participação cidadã. “Ver com novos olhares a saúde pública brasileira, fortalecer o nosso Sistema Único de Saúde [SUS] e pensar na formação dos profissionais da área são algumas de nossas missões à frente da Rede Unida, uma instituição muito atuante e comprometida com as políticas de saúde no Congresso”, concluiu.

Seguindo o sucesso dos congressos anteriores e para estimular a produção nas temáticas específicas, a Rede Unida concederá prêmios para: melhor trabalho acadêmico; melhor relato de experiência; experiências inovadoras de mudanças na formação de trabalhadores da saúde; experiências inovadoras de gestão do SUS e a produção do cuidado; educação popular e participação da população na saúde; inovação na saúde a partir de experiências que tenham como fios condutores a criatividade; a invenção lúdica e a intersetorialidade; melhores trabalhos sobre residências multiprofissionais com referência à sua contribuição para a qualificação do Sistema Único de Saúde e à formação dos trabalhadores em saúde; melhor trabalho que faça a articulação entre arte e saúde.

As inscrições e submissões dos trabalhos podem ser realizadas clicando aqui!